Diário Bíblica Portugués

9 de Fevereiro de 2023

Primeira leitura: Gn 2,18-25: 
O Senhor Deus formou a mulher e conduziu-a a Adão; e eles serão uma só carne.
Salmo: Sl 127(128),1-2.3.4-5 (R. cf. 1a): 
R. Felizes todos os que respeitam o Senhor.
Evangelio: Mc 7,24-30: 
Os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair.

 

Naquele tempo, Jesus saiu dali e foi para a região de Tiro e Sidônia. Entrou numa casa e não queria que ninguém soubesse onde ele estava. Mas não conseguiu ficar escondido. Uma mulher, que tinha uma filha com um espírito impuro, ouviu falar de Jesus. Foi até ele e caiu a seus pés. A mulher era pagã, nascida na Fenícia da Síria. Ela suplicou a Jesus que expulsasse de sua filha o demônio. Jesus disse: "Deixa primeiro que os filhos fiquem saciados, porque não está certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos". A mulher respondeu: "É verdade, Senhor; mas também os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem as migalhas que as crianças deixam cair". Então Jesus disse: "Por causa do que acabas de dizer, podes voltar para casa. O demônio já saiu de tua filha". Ela voltou para casa e encontrou sua filha deitada na cama, pois o demônio já havia saído dela.

 

Comentário

A mulher descrita no evangelho caminha sozinha, sem marido, o que já lhe atribui um papel de vulnerabilidade naquela sociedade patriarcal. Além disso, tem uma filha doente e atormentada, o que a faz sofrer com a marginalização social e religiosa. A mulher deve prostrar-se diante de Jesus, numa atitude de súplica que reconhece a dor e a dependência que se traduz na resposta que dá à recusa de Jesus: Contento-me em comer as migalhas que caem da mesa. Em nossas sociedades de hoje, fomos levados a acreditar que devemos nos contentar com migalhas. Os empresários exploradores nos dizem que pagam salários justos, mas as famílias vivem com fome e desnutrição enquanto as contas das grandes empresas crescem. Dizem-nos que devemos nos acostumar com a saúde precária, a educação precária, a moradia precária e a comida escassa com gratidão e felicidade. Compartilhemos a mesa farta que dá dignidade a cada pessoa segundo o projeto do reino de Deus!

Santo do Dia
S. Apolônia de Alexandria
séc. III ? mártir ? patrona dos dentistas e invocada contra a dor de dentes e contra as doenças da boca ? \"Apolônia? quer dizer consagrada a Apolo,
deus grego dos oráculos, mensageiro dos acontecimentos

Apolônia morreu em Alexandria por volta de 249. S. Dionísio, bispo de Alexandria, conta que a multidão ficou enfurecida e começou a saquear as casas dos cristãos, levando à morte muitos deles. Pegaram, então, Apolônia, que era uma virgem diaconisa já em idade avançada, cortaram-lhe os seios e arrancaram-lhe os dentes. Depois fizeram uma fogueira e ameaçaram jogá-la nas chamas se não renegasse sua fé. Apolônia caminhou serena e altiva para as chamas e testemunhou sua fé, deixando-se consumir pelo fogo. Seu culto se difundiu primeiro no Oriente e depois no Ocidente, onde foi considerada filha de um senador romano, morto na perseguição de Juliano, o Apóstata.