Diário Bíblica Portugués

14 de Junho de 2022

Primeira leitura: 1Rs 21,17-29: 
Provocaste a minha ira e fizeste Israel pecar.
Salmo: Sl 50(51),3-4.5-6a.11 e 16 (R. cf. 3a): 
Misericórdia, ó Senhor, porque pecamos!
Evangelio: Mt 5,43-48: 
Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.

 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Vós ouvistes o que foi dito: 'Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!' Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos. Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.'

 

 

Comentário 

Ontem refletimos sobre a injustiça de Acab e Jezabel contra o camponês Nabot. Hoje, o profeta Elias repreende o rei Acab pelo assassinato que cometeu: "Assim diz o Senhor: Você assassinou e depois roubou?" Quanto precisamos hoje de vozes proféticas como a de Elias, Óscar Romero, Pedro Casaldáliga, dispostas a desmascarar “o que o Senhor reprova”. Com uma forte experiência de Deus, amor aos pobres e um coração cheio de amor, não é possível silenciar as injustiças que continuam sendo cometidas. Como cristãos, não podemos nos acostumar com a lógica dos sistemas que aplaudem a fraude e condenam os defensores das causas justas. No evangelho, Jesus faz um chamado para irmos mais longe, amando nossos inimigos. Entendemos que amá-los não significa aprovar ou justificar suas ações. Trata-se de não retribuir o mal com o mal, buscando caminhos de justiça e transformação. A perfeição em Deus nos encoraja a fazer isso: não cansar de fazer o bem e fazê-lo com convicção. Quem você se sente convidado a perdoar?

Santo do Dia
S. Metódio I
c. 789-847 ? patriarca e confessor

Metódio, natural de Siracusa, Sicília, foi patriarca de Constantinopla. Destacou-se na luta contra os iconoclastas, que defendiam e promoviam a destruição de imagens sagradas. Quando o patriarca Nicéforo foi exilado, Metódio foi a Roma, onde relatou ao papa Pascal I o que estava acontecendo no Oriente. Ao voltar a Constantinopla foi preso, açoitado, acusado de traição e jogado em um calabouço, onde, por sete anos, viveu à míngua, padecendo fome e sede. Em 842, Teodora subiu ao trono como regente de Miguel III. Os iconoclastas foram depostos e S. Metódio foi eleito patriarca de Constantinopla.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Related Articles

10 de Abril de 2022

9 de Abril de 2022

8 de Abril de 2022