Consulta diaria


Primeira leitura: 1Tm 3,1-13: 
O epíscopo tem o dever de ser irrepreensível; do mesmo modo os diáconos possuam o mistério da fé junto com uma consciência limpa.
Salmo: Sl 100 (101),1-2ab. 2cd-3ab. 5. 6 (R. 2c): 
Viverei na pureza do meu coração!
Evangelio: Lc 7,11-17: 
Jovem, eu te ordeno, levanta-te!

 


Primeira leitura: 1Tm 2,1-8: 
Recomendo que se façam orações a Deus por todos os homens. Deus que quer que todos sejam salvos.
Salmo: Sl 27 (28),2. 7. 8-9 (R. 6): 
Bendito seja o Senhor, porque ouviu o clamor da minha súplica!
Evangelio: Lc 7,1-10: 
Nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé.

 


Primeira leitura: Ex 32,7-11.13-14: 
E o Senhor desistiu do mal que havia ameaçado fazer.
Salmo: Sl 50, 3-4.12-13.17.19 (R. Lc 15,18): 
Vou agora, levantar-me, volto à casa do meu pai.
Segunda leitura: 1Tm 1,12-17: 
Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores.
Evangelio: Lc 15,1-32: 
Haverá no céu mais alegria por um só pecador que se converte.

 


Primeira leitura: Nm 21,4b-9: 
Aquele que for mordido e olhar para ela viverá.
Salmo: Sl 77(78),1-2.34-35.36-37.38 (R. cf. 7c): 
Das obras do Senhor, ó meu povo, não te esqueças!
Segunda leitura: Fl 2,6-11: 
Humilhou-se a si mesmo; por isso, Deus o exaltou acima de tudo.
Evangelio: Jo 3,13-17: 
É necessário que o Filho do Homem seja levantado.

 


Primeira leitura: 1Tm 1,1-2.12-14: 
Eu, que antes blasfemava, encontrei misericórdia.
Salmo: Sl 15 (16),1-2a.5. 7-8. 11 (R. Cf. 5a): 
O Senhor é a porção da minha herança!
Evangelio: Lc 6,39-42: 
Pode um cego guiar outro cego?

 


Primeira leitura: Cl 3,12-17: 
Amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição.
Salmo: Sl 150,1-2. 3-4. 5-6 (R. 6): 
Louve o Senhor tudo o que vive e que respira.
Evangelio: Lc 6,27-38: 
Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso.

 


Primeira leitura: Cl 3,1-11: 
Morrestes com Cristo; mortificai também vossos membros.
Salmo: Sl 144 (145),2-3. 10-11. 12-13ab (R. 9a): 
O Senhor é muito bom para com todos.
Evangelio: Lc 6,20-26: 
Bem-aventurados vós, os pobres. Mas, ai de vós, ricos.