Consulta diaria

Primeira leitura: Ef 4,7-16: 
Cristo é a Cabeça. Graças a ele, o corpo, coordenado e bem unido, realiza o seu crescimento.
Salmo: Sl 121, 1-2. 3-4a. 4b-5 (R. Cf. 1): 
Que alegria, quando me disseram: Vamos à casa Senhor!
Evangelio: Lc 13,1-9: 
Se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo.

Tema: Santo Antônio Maria Claret, Bispo (Memória facultativa)

Naquele tempo, vieram algumas pessoas trazendo notícias a Jesus a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado, misturando seu sangue com o dos sacrifícios que ofereciam. Jesus lhes respondeu: 'Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem sofrido tal coisa? Eu vos digo que não. Mas se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo. E aqueles dezoito que morreram, quando a torre de Siloé caiu sobre eles? Pensais que eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? Eu vos digo que não. Mas, se não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo.' E Jesus contou esta parábola: 'Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha. Foi até ela procurar figos e não encontrou. Então disse ao vinhateiro: 'Já faz três anos que venho procurando figos nesta figueira e nada encontro. Corta-a! Por que está ela inutilizando a terra?' Ele, porém, respondeu: 'Senhor, deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e colocar adubo. Pode ser que venha a dar fruto. Se não der, então tu a cortarás.'

 

Comentário

Segundo especialistas, o aquecimento global está causando uma série de calamidades. Furacões, terremotos, tornados, tsunamis ocorrem com frequência e não é incomum que vulcões em nossos países estejam ativos. Algumas pessoas ingenuamente dizem que esses eventos são o castigo de Deus pelos pecados da humanidade. Sem querer, voltamos ao tema do livro de Jó: retribuição, isto é, aquele pensamento em que Deus recompensa o bom e pune o mau. Parece que Jesus discorda. As circunstâncias em que uma pessoa morre são variáveis ​​e não a vontade divina. O problema levantado permite a Jesus lembrar-lhes a importância da responsabilidade pessoal segundo os dons de Deus, como diz Paulo, chamados a ser apóstolos, profetas, evangelistas... Considerando a responsabilidade pessoal, como cristãos, cabe-nos dar frutos de uma nova vida, para não ser queimados como a figueira estéril. Você já passou por um desastre natural em sua cidade? Como a comunidade reagiu a esta situação? Você ora pelas vítimas de desastres naturais?

Santo do Dia
S. Antônio Maria Claret
1807-1870 ? bispo e fundador ? \"Antônio? quer dizer
\"aquele que vai à frente?

Natural de Sallent (Barcelona), Antônio Maria Claret abandonou aos 22 anos o ofício de tecelão para se dedicar inteiramente à propagação do reino de Deus. Jovem sacerdote, durante 7 anos, percorreu, a pé, a Catalunha inteira propagando a fé em Deus. Depois foi para Barcelona e fundou a editora Livraria Religiosa, que inundou a Espanha com livros e folhetos religiosos. Sua obra missionária não terminou ali: em 16 de julho de 1849, fundou a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria, foi sagrado arcebispo de Cuba e metropolita de Porto Rico. Em 1857, tornou-se o confessor de Isabel II, empenhando-se em favor da Igreja espanhola. Por ocasião da sua beatificação, em 1934, Pio XI resumiu sua vida, dizendo que Claret foi um apóstolo incansável, um organizador moderno e o grande precursor da Ação Católica. Além de escritor fecundo, compreendeu o imenso valor da imprensa, procurando sempre, sem medir sacrifícios, inová-la com a utilização de máquinas cada vez mais modernas. Foi um entusiasta das grandes tiragens, da difusão em larga escala de opúsculos, folhetos, panfletos...; queria que a imprensa chegasse a todo lugar e a todas as pessoas. Foi canonizado no dia 7 de maio de 1950. Sua obra permanece hoje nos Missionários Claretianos, presentes em cerca de 56 países. Dedicam-se à evangelização pelos meios de comunicação social (rádios, televisão, editoras, gráficas, livrarias, multimídia); à pastoral direta com o povo (paróquias, catequese, missões); à educação (escolas, colégios, seminários e faculdades); à promoção humana (creches, centros sociais, centros de juventude). No Brasil, a obra claretiana teve início em 1895, com a chegada de 10 missionários a São Paulo, de onde se difundiu rapidamente por diversos estados.