Consulta diaria


Primeira leitura: Ez 18,21-28: 
Será que eu tenho prazer na morte do ímpio? Não desejo, antes, que mude de conduta e viva?
Salmo: Sl 129, 1-2. 3-4. 5-6. 7-8 (R. 3): 
Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir?
Evangelio: Mt 5,20-26: 
Vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão.

 

 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus. Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: 'Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal'. Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; quem disser ao seu irmão: 'patife!' será condenado pelo tribunal; quem chamar o irmão de 'tolo' será condenado ao fogo do inferno. Portanto, quando tu estiveres levando a tua oferta para o altar, e ali te lembrares que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa a tua oferta ali diante do altar, e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão. Só então vai apresentar a tua oferta. Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. Em verdade eu te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo.

Comentário

A vida cristã é um itinerário forte e complexo. O autêntico cristianismo que consiste em seguir a Jesus, aderir a ele e prosseguir sua causa, tem por tarefa fundamental destruir a lógica natural humana baseada no egoísmo e no acúmulo compulsivo. Esta lógica traz consigo uma carga forte de vingança, desunião e não perdão. É expressão da vida mais natural o “você fez isso comigo, então você me paga”. Jesus propõe um itinerário diferente. Convida a assumir outra lógica, que podemos chamar de “antilógica humana”. A reconciliação se transforma no chamado e na exigência clara que Jesus impõe a seus seguidores. Não é possível ter aderido a Jesus e seguir com a lógica de nossa herança animal. O Evangelho tem exigências. O cristianismo não pode existir sem exigência ética. Por isso o imperativo de Jesus é mudar a simbólica e o imaginário da violência, da vingança, para entrar na lógica do perdão, da reconciliação e da paz. Que nesta Quaresma cumpramos bem a nossa tarefa.

Santo do Dia
S. Clemente Maria Hoffbauer
1751-1820 ? religioso redentorista ? \"Clemente? significa \"benigno?

Clemente Maria nasceu na Morávia, Checoslováquia, em 1751. Filho de simples lavradores e órfão de pai aos sete anos, começou a trabalhar para ajudar nas despesas de casa. Foi ajudante de pedreiro, copeiro no convento premonstratense de Bruck e, mais tarde, eremita. Desejoso de ser missionário, dirige-se a Viena, onde ingressou na congregação do Santíssimo Redentor. Em 1786, ordenado sacerdote, vai para a Polônia, estabelecendo uma missão redentorista em S. Brenon, que se tornaria mais tarde um dos mais importantes centros de evangelização de Varsóvia. Para lá acorria gente de toda parte para ouvir os melhores oradores e se instruírem na religião. Outros centros de evangelização foram criados nas regiões da Polônia e em Viena, na Áustria. Morreu em 1820, quando rezava o  Angelus, sendo canonizado em 1909.