Consulta diaria


Primeira leitura: Lv 19,1-2.11-18: 
Julga teu próximo conforme a justiça.
Salmo: Sl 18, 8. 9. 10. 15 (R. Jo 6,63c): 
Ó Senhor, vossas palavras são espírito e vida!
Evangelio: Mt 25,31-46: 
Assentar-se-á em seu trono glorioso e separará uns dos outros.

 

 

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ?Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar'. Então os justos lhe perguntarão: ?Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?' Então o Rei lhes responderá: ?Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!' Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ?Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar'. E responderão também eles: ?Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?' Então o Rei lhes responderá: ?Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!' Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna'.

Comentário

Seguir a Jesus é uma experiência que nada devocional, nem sentimental ou intelectual. A experiência de adesão a Jesus de Nazaré e à sua obra deve expressar-se de maneira concreta na vida. Precisa ser uma experiência existencial. São a experiência vital e a realidade relacional que fazem o cristão tornar visível, na história, a experiência de Jesus de Nazaré. O chamado de Jesus é para que o seguidor de sua causa responda com generosidade e decisão aos males que afetam esta história e que desumanizam os filhos e filhas de Deus. A fome, a sede, a migração, a nudez e a enfermidade são realidades que clamam ao céu e que pedem de maneira efetiva a misericórdia e a bondade dos que acreditam na pessoa de Jesus. A experiência da quaresma, na qual nos encontramos, deve despertar a bondade e o amor sem limites do discípulo de Jesus. Não esqueçamos que “quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor” (1 Jo 4,8).

Santo do Dia
S. Constantino
séc. VIII ? rei ? \"Constantino? significa \"constante?, \"perseverante?

Constantino viveu na segunda metade do século VIII, sofrendo o martírio na Escócia, em virtude de sua pregação. Antes da conversão, levava vida dissoluta, sacrílega, criminosa. Abandonou a legítima mulher para ficar totalmente liberado na sua vida aventureira. Converteu-se, entretanto, ainda jovem, mudando radicalmente o modo de viver. Renunciou à coroa e ingressou no mosteiro de Tathan. Após sete anos de vida austera, foi ordenado sacerdote. Retornou à Escócia como missionário, pregando o evangelho pelas praças públicas, exortando irlandeses e escoceses à conversão da fé cristã. Morreu trucidado por volta de 874.