Consulta diaria

Primeira leitura: 1Jo 3,7-10:
Todo aquele que nasceu de Deus não comete pecado.
Salmo: Sl 97 (98), 1. 7-8. 9 (R. 3a):
Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.
Evangelio: Jo 1,35-42:
Foram ver onde Jesus morava e permaneceram com ele.

 

 

Naquele tempo: João estava de novo com dois de seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: 'Eis o Cordeiro de Deus!' Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: 'O que estais procurando?' Eles disseram: 'Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?' Jesus respondeu: 'Vinde ver'. Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde. André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram as palavras de João e seguiram Jesus. Ele foi encontrar primeiro seu irmão Simão e lhe disse: 'Encontramos o Messias (que quer dizer: Cristo)'. Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: 'Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas' (que quer dizer: Pedra).

Comentário

Parece mentira, mas os meios para enganar são agora mais sofisticados do que nunca; a inteligência humana se aprimorou até o extremo mais para enganar e menos para viver com verdade. O engano é o desequilíbrio da justiça. Enganam-se os outros para lucrar e tirar proveito às suas custas. E diante disso, os mecanismos para defender a justiça e o direito também precisam afinar-se. O discípulo de Cristo Jesus não pode servir ao engano; n, muito menos suportá-lo. Certo, não é um assunto sem importância, nem individual. Já somos conscientes de que o pecado não só é pessoal, mas permeia as instituições, vale a pena ver os números da Transparência Internacional sobre a corrupção. Esse observatório mostra que a abertura dos governos, a liberdade de imprensa, as liberdades civis e os sistemas judiciais independentes são pontuais para derrotar o engano e a corrupção. O que estamos promovendo em nosso ambiente paroquial e a partir dele para viver verdadeiramente?

Santo do Dia
S. Elisabete Seton
1774-1821 ? fundadora ? \"Elisabete? significa \"aquela que 
adora a Deus?, que tem a Deus como a \"plenitude da vida?

Elisabete Ann Bayley Seton tornou-se a primeira norte-americana a ser canonizada. Natural de Nova York, foi uma mulher encantadora, inteligente e culta, movida por profunda mística cristã. Reconhecida como personalidade religiosa marcante da época, era casada com um professor de anatomia, com quem teve cinco filhos. Após a morte do marido, em 1803, na Itália, sentiu-se tocada pela ternura e carinho de amigos católicos de Roma, decidindo tornar-se católica também. Em 1808, fundou em Baltimore a escola que originou uma pequena comunidade religiosa, dedicada ao amparo de crianças desamparadas. Nascia então a Congregação das Irmãs Americanas da Caridade. Lutando contra toda sorte de dificuldades de ordem financeira, preconceitos, isolamento social e a morte de duas filhas, conduziu com sabedoria sua comunidade, que logo se espalhou por todo o país. Foi canonizada em 1975.