Consulta diaria

Primeira leitura: 1Cor 7,25-31:
Estás ligado a uma mulher? Não procures desligar-te. Não estás ligado a nenhuma mulher? Não procures ligar-te.
Salmo: Sl 44 (45),11-12. 14-15. 16-17 (R.11a):  
Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto!
Evangelio: Lc 6,20-26:
Bem-aventurados vós, os pobres. Mas, ai de vós, ricos.

 

Naquele tempo: Jesus levantando os olhos para os seus discípulos, disse: 'Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso é o Reino de Deus! Bem-aventurados, vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque havereis de rir! Bem-aventurados, sereis quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem! Alegrai-vos, nesse dia, e exultai pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas. Mas, ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação! Ai de vós, que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós, que agora rides, porque tereis luto e lágrimas! Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas.

Comentário

As bem-aventuranças são o código da revolução de Deus na história: a revolução da ternura, o caminho aberto, alternativo, fascinante, com que Deus conduz a história. Este código provocador vai dirigido aos discípulos das novas comunidades seguidoras de Jesus. São um contraste clamoroso com o modelo de mundo em que vivemos: egoísta, patriarcal, destruidor do planeta, violento. Nesta história caminha gente que leva no coração o código das bem-aventuranças. São os cidadãos do reino, desse projeto de vida plena que Deus acaricia no mundo. Os pobres são os artífices. São aqueles que a propaganda comercial considera desgraçados, são os construtores de uma nova sociedade, os pobres e os que têm coração de pobre, os que escolheram ser pobres contra o acúmulo e a apropriação, principais causadores da injustiça no mundo. Projeto de luta que vai provocar a perseguição dos ídolos já instalados nas estruturas econômicas e culturais deste modelo de mundo, mas o prêmio será abundante: o nascimento de uma nova humanidade.

Santo do Dia

S. Guido

950-1012 protetor dos estábulos, das escuderias, dos cavalos.
É invocado contra a diarréia, doença da qual ele foi vítima.
\"Guido? significa \"aquele que nasceu no mato?, portanto,
que está ligado à vida


Natural de Brabante, Bélgica, S. Guido viveu entre os anos 950 e 1012. Filho de camponeses, vivia de maneira simples e completamente despojada. Vendeu o que possuía e distribuiu aos pobres. Ofereceu-se para ser sacristão na igreja de Laken, nos arredores de Bruxelas. Querendo ajudar ainda mais os desvalidos, entregou-se ao comércio. Contudo, logo percebeu que não era essa a vontade de Deus. Fez-se então peregrino, andarilho de Deus. Por sete anos, percorreu a Europa, a Terra Santa, visitando os principais santuários. Regressando da Terra Santa, passou o resto da vida em Anderlecht, nos arredores de Bruxelas. Daí ser chamado \"Guido de Anderlecht?. Seus devotos ? sacristãos, camponeses, gente simples ? logo difundiram o seu culto por toda a Europa.