Consulta diaria

Primeira leitura: 2Tm 2,8-15: 
A Palavra de Deus não está algemada. Se com ele morremos, com ele viveremos.
Salmo: Sl 24, 4-5ab. 8-9. 10.14 (R. 4a): 
Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos!
Evangelio: Mc 12,28b-34: 
Amarás o Senhor teu Deus. Amarás o teu próximo.

 

Naquele tempo: Um mestre da Lei, aproximou-se de Jesus e perguntou: Qual é o primeiro de todos os mandamentos? Jesus respondeu: O primeiro é este: Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força! O segundo mandamento é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo! Não existe outro mandamento maior do que estes. O mestre da Lei disse a Jesus: Muito bem, Mestre! Na verdade, é como disseste: Ele é o único Deus e não existe outro além dele. Amá-lo de todo o coração, de toda a mente, e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo é melhor do que todos os holocaustos e sacrifícios. Jesus viu que ele tinha respondido com inteligência, e disse: 'Tu não estás longe do Reino de Deus. E ninguém mais tinha coragem de fazer perguntas a Jesus.

Comentário

Um mestre da lei deseja saber qual é o mais importante dentre os 613 preceitos que eles ensinavam. Para responder, Jesus recorre às Escrituras. Ali está a fonte de onde brota sua sabedoria e todo seu ensinamento; porém, Jesus não a lê de forma fundamentalista, e sim partindo da situação dos mais necessitados de amor e dignidade, daquilo que as pessoas precisam para ser mais humanas e dignas. Ele sabe por experiência que reconhecendo a Deus como um só e digno de ser amado com todas as nossas forças, liberta-nos profundamente. E Jesus acrescenta imediatamente a consequência prática desse amor a Deus: "e amar o próximo como a nós mesmos". Este é o resumo de toda a religião bíblica. Misericórdia, amor e liberdade é o ensinamento mais profundo de Jesus e o fundamento de nossa vida moral. Ajuda-nos a superar todo preconceito, fronteira, diferença entre os seres humanos e volta a colocar-nos no plano original de Deus Pai: ser uma família humana filha de Deus, digna de todo respeito e destinatária de todos os bens da criação.

Santo do Dia

S. Antônio Maria Gianelli

1789 -1846 ? bispo e fundador ? \"Antônio? quer dizer
\"aquele que vai à frente?

O bispo e confessor S. Antônio Maria Gianelli nasceu em Carreto, Itália, em 1789. Aos 19 anos, ingressou no seminário e foi ordenado em 1812. Professor em Gênova, pregador inflamado, fundou duas congregações: os Missionários de S. Afonso de Ligório ou Oblatas de S. Afonso e as Irmãs de S. Maria Do Orto, ou Gianellinas. Em 1838, nomeado bispo de Bobbio, restaurou a disciplina eclesiástica e reorganizou a diocese. Morreu em 1846, aos 57 anos, sendo canonizado por Pio XII em 1951.