Consulta diaria

Primeira leitura: Hb 10,32-39: 
Suportastes longas e dolorosas lutas. Não abandoneis, pois, a vossa coragem.
Salmo: Sl 36, 3-4. 5-6. 23-24. 39-40 (R. 39a): 
A salvação de quem é justo, vem de Deus!
Evangelio: Mc 4,26-34: 
É a menor de todas as sementes e se torna maior do que todas as hortaliças.

3a SEMANA DO TEMPO COMUM

Naquele tempo: Jesus disse à multidão: 'O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou'. E Jesus continuou: 'Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra'. Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.

 

Comentário

O Reino de Deus não é uma realidade grande e poderosa, mas irrompe na pequenez, como semeadura no campo. Quando Jesus apresenta o Reino, ele o apresenta na perspectiva da pequenez de uma semente. É importante entender que o propósito da vida pública de Jesus está enquadrado em um programa: O Reino. É importante entender o que é o Reino de Deus e o que Jesus entendia por Reino. Na parábola, Jesus diz expressamente que o Reino de Deus é como um grão de mostarda. Jesus usa um grão para mostrar como é o Reino. Podemos concluir: o Reino de Deus é igual à semente. A semente é igual à Palavra e esta à ação criadora divina. Como em Deus o ser não se distingue de suas operações, a Palavra de Deus é o próprio Deus criando. Desta forma, o Reino é Deus é a ação criadora de Deus que ganha vida para torná-la completamente nova. Você vive envolto na rotina? Você precisa de uma mudança em sua vida?

Santo do Dia
S. Julião Hospitaleiro e S. Basilissa
séc. IV ? mártires ? patrono dos que dão hospedagem ou alojamento ? \"Julião? lembra \"luz?, \"o que é luzente? ? Já \"Basilissa? quer dizer \"rainha?.

O nome de S. Julião liga-se à lenda do santo que matou os próprios pais. Contam que, durante uma caçada, Julião matou um cervo com sua cria. Agonizante a seus pés, o animal teria profetizado: \"Um dia hás de matar os próprios pais!?. Impressionado por tal visão e temendo acontecesse a profecia do cervo, comprou um cavalo e, vestido de peregrino, partiu para lugares distantes, até casar-se com uma rica viúva, chamada Basilissa. Aconteceu que os pais, que não cessavam de procurá-lo, chegaram ao castelo em que Julião e Basilissa moravam. Embora Julião estivesse ausente, Basilissa não só acolheu os forasteiros, como percebeu que se tratava dos pais do marido; por isso os hospedou no próprio quarto. Ao entrar no quarto, Julião, julgando-se traído pela mulher, arrancou da espada e golpeou os próprios pais. Para reparar tamanho crime, abandonou o castelo e juntamente com a mulher construiu um hospital para acolher os peregrinos doentes e necessitados. Julião cuidava do setor masculino e Basilissa, do setor feminino.


Outros santos do dia: Aquilino de Milão (mártir), Cesário de Angoulême (diácono), Flora de Kildare (virgem), Sabiniano de Troyes (mártir) e Valério de Trèves (bispo).