Consulta diaria

Primeira leitura: Hb 7,1-3.15-17: 
Tu és sacerdote para sempre na ordem de Melquisedec.
Salmo: Sl 109,1. 2. 3. 4 (R. 4bc): 
Tu és eternamente sacerdote segundo a ordem do rei Melquisedec.
Evangelio: Mc 3,1-6: 
É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal?

2a SEMANA DO TEMPO COMUM ou São Fabiano, Papa e Mártir e São Sebastião, Mártir (Memória facultativa)

Naquele tempo: Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. Jesus disse ao homem da mão seca: 'Levanta-te e fica aqui no meio!' E perguntou-lhes: 'É permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?' Mas eles nada disseram. Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: 'Estende a mão.' Ele a estendeu e a mão ficou curada. Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

 

Comentário

Quando a religião estabelece a norma, a lei, o direito sobre a vida, então os pobres, os doentes, as vítimas, os miseráveis ​​não têm possibilidade de viver com dignidade. É isso que Jesus enfrenta e é por isso que sua proposta desafia os esquemas legalistas da religião de seu tempo.A novidade da Boa Nova é vista e assimilada como um grande problema para os religiosos de sua época. A proposta de Jesus desafia os esquemas considerados normais e "sagrados", e isto lhe causa sérios problemas. Enquanto Ele propõe a vida e a dignidade de todas as pessoas, especialmente dos pobres e excluídos, a religião distorcida de seu tempo, a única coisa que tem para Jesus é destruí-lo, declarando-o sujeito maldito, perseguindo-o e eliminando-o com a morte.O Evangelho exige colocar-se ao serviço da vida, fazer o bem, salvar as vidas daqueles que estão mergulhados na morte. Se a experiência de fé não serve para isso, então não condiz com Jesus de Nazaré.

Santo do Dia
S. Sebastião
séc. III ? mártir ? \"Sebastião? significa \"augusto, magnífico,
venerável?. É o patrono dos arqueiros, atletas, soldados, guarda-civil

Natural de Milão ou de Narbone, Sebastião já havia se convertido à fé cristã quando foi nomeado capitão da Guarda Pretoriana pelo imperador Diocleciano, mas o fato só foi conhecido durante a perseguição aos cristãos. Preso e condenado à morte, os arqueiros o amarraram a um tronco e o crivaram de flechas. Os cristãos recolheram o corpo ainda com vida e cuidaram dele. Recuperado dos ferimentos, começou a denunciar abertamente os crimes cometidos contra os cristãos. Indignado, Maximiano condenou-o à morte (c. 304). É invocado com a seguinte oração:
Onipotente e eterno Deus, que pelos merecimentos de S. Sebastião, vosso glorioso mártir, livrastes os vossos fiéis de doenças contagiosas, atendei as nossas humildes súplicas para que, recorrendo agora a vós, na nossa necessidade a fim de alcançar semelhante favor, mereçamos, por sua valiosa intercessão, ser livres do flagelo da peste e de toda moléstia do corpo e da alma. Por Jesus Cristo , Senhor nosso. Amém.


Outros santos do dia: Eustóquio de Messina (franciscano), Eutímio, o Grego (abade), Mauro de Cesena (monge, bispo), Neófito de Niceia (mártir), Fabiano (papa) e Sebastião (mártir).